Isolamento Social

Wellington Dias reage a pronunciamento de Bolsonaro e diz que vai manter medidas no Piauí: 'vida em primeiro lugar'

O governador publicou vídeo nas redes sociais criticando as declarações do presidente sobre a pandemia do coronavírus na noite dessa terça-feira (24). Houve reações em todo o país.

25/03/2020 13h42
Por: Tâmara
Fonte: G1
24
Foto: Lucas Marreiros/G1
Foto: Lucas Marreiros/G1

O governador do estado do Piauí, Wellington Dias (PT), reagiu ao pronunciamento feito pelo presidente Jair Bolsonaro sobre a pandemia do coronavírus, na noite dessa terça-feira (24). Em vídeo publicado nas redes sociais, o governante disse que manterá todas as medidas de prevenção à Covid-19, doença causada pelo vírus, que reconhece que haverá prejuízo, mas que "a vida está em primeiro lugar".

Ainda nas redes sociais, o governador do Piauí comentou: "É difícil não se manifestar frente ao discurso do Presidente da República, que vai contra todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde. Nós vamos seguir o que a ciência nos comprova. O Piauí mantém todas as suas medidas de prevenção à Covid-19".

Outros políticos e autoridades reagiram ao pronunciamento em que o presidente pediu a "volta à normalidade", o fim do "confinamento em massa" e disse que os meios de comunicação espalharam "pavor".

Dentre eles, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que divulgou nota na qual classificou a fala de Bolsonaro como "grave" e disse que o país precisa de uma "liderança séria".

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o pronunciamento "foi equivocado ao atacar a imprensa, os governadores e especialistas em saúde pública".