CORONAVIRUS

Secretaria de Saúde do Piauí investiga dois casos suspeitos de coronavírus em Teresina

Pacientes são jovens e estão bem, em quarentena em suas casas. Casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação do Ministério da Saúde, o que ainda não ocorreu.

28/02/2020 17h43
Por: Portal suldopiaui.com.br
Fonte: G1
366

A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) informou nesta sexta-feira (28) que investiga dois casos suspeitos de coronavírus. Segundo José Noronha, diretor técnico do Hospital de Doenças Tropicais Natan Portella, os casos são de dois jovens de cerca de 25 anos que estiveram em países classificados como de risco pelo Ministério da Saúde e apresentaram sintomas da doença. Um dos casos é monitorado desde ontem.

No momento, a Sesapi monitora os casos e informou que os pacientes estão em quarentena em suas casas. Casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação do Ministério da Saúde, o que ainda não ocorreu.

“Esses casos estão sendo acompanhados pelo estado, um foi notificado pela Fundação Municipal de Saúde e está sendo discutido nacionalmente. Hoje, tivemos mais uma pessoa atendida e que é um caso suspeito, mas ambos são jovens, estão bem, em casa, em quarentena”, explicou o médico.

Casos suspeitos não devem buscar o hospital Natan Portela

Segundo o diretor, a orientação é para que aquelas pessoas que tenham estado em países considerados de risco nas duas últimas semanas e que estejam com sintomas da doença, não procurem o Hospital Natan Portela.

O motivo é que o hospital recebe pacientes que convivem com o vírus HIV ou que são considerados imunossuprimidos. Ou seja, com baixa imunidade, que podem contrair a doença e ter consequências graves.

Casos considerados suspeitos são aqueles de pessoas que estiveram em países de risco nas duas últimas semanas e apresentam febre, e sintomas de problemas respiratórios, como tosse, congestão nasal e dor de garganta.

Estado monitora

Após a confirmação do primeiro caso de Covid/2019 pelo Brasil, no estado de São Paulo, a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) mantém as mesmas medidas adotadas pelo Plano de Contingência Nacional para Infecção Humana pelo novo Coronavírus 2019-nCoV, estabelecido pelo Mistério da Saúde.

A decisão foi tomada depois que o primeiro caso da doença no Brasil foi confirmado na capital paulista. Segundo o Ministério da Saúde, outros 132 casos estão em investigação.A Sesapi informou que adquiriu um quantitativo maior de Equipamentos de Proteção Individual para a rede hospitalar, independente do quantitativo a ser oferecido pelo Ministério da Saúde. O Instituto Natan Portella é referência para doenças infecto-contagiosas.