Covid-19

Governador autoriza compra de medicamentos para tratamento da Covid-19

O Piauí já está em fase de elaboração de um protocolo para a correta administração das substâncias.

09/04/2020 17h38
Por: Tâmara
Fonte: Governo do Piauí
55
Foto: Exame
Foto: Exame

A partir de orientação do Comitê de Organização Emergencial (COE), entidade que dá orientações sobre os procedimentos a serem adotados no Piauí no combate à Covid-19, o governador Wellington Dias anunciou a compra de medicamentos à base de cloroquina, hidroxicloroquina e azitromicina. A iniciativa está relacionada à elaboração de um protocolo em conjunto com os estados do Pará e Ceará que visa a utilização controlada destas substâncias para o tratamento de doentes infectados com o Coronavírus Sars-CoV-2.

Durante reunião com o COE, nesta quarta-feira (8), o chefe do executivo estadual autorizou a compra dos medicamentos. “Autorizei ao secretário de Saúde, Florentino Neto, a partir de orientação do Comitê de Organização Emergencial (COE), a compra de mais medicamentos à base de cloroquina e hidroxicloroquina. Autorizei também a compra da azitromicina para compor o coquetel”, disse o governador.

Wellington Dias comentou ainda sobre a elaboração de um protocolo no Piauí para a administração dos remédios. “Nossos médicos estão elaborando esse protocolo que dá segurança tanto para o médico quanto ao paciente. Eles estão dialogando com profissionais do Ceará e do Pará e esse documento deve sair ainda nesta quarta-feira (8).

Início
No protocolo já usado no Ceará e Pará, as substâncias são administradas no estágio inicial da Covid-19, com o objetivo de fazer com que os primeiros sintomas não evoluam para as perigosas infecções pulmonares. Neste caso, é utilizado um coquetel com base em hidroxicloroquina e azitromicina.

A cloroquina tem sido utilizada experimentalmente em casos confirmados de Covid-19 em vários lugares do mundo e é um medicamento é usado originalmente para tratamentos de malária e doenças reumáticas.