POSSE DE POLICIAIS

Wellington empossa 42 novos policiais penais

Os novos policiais serão lotados inicialmente na Cadeia Pública de Altos.

20/12/2019 21h04
Por: Portal suldopiaui.com.br
Fonte: CCOM
308

O governador Wellington Dias deu posse a 42 novos policiais penais. A solenidade ocorreu, nesta sexta-feira (20), no Palácio de Karnak. Os novos servidores já estão aptos para atuarem pela manutenção da ordem e da disciplina de unidades penais do sistema prisional piauiense. Eles são os primeiros policiais penais do país e foram lotados para a Cadeia Pública de Altos.

Para o governador Wellington Dias, a grande responsabilidade do sistema é entregar para a sociedade pessoas ressocializadas. “São homens e mulheres muito bem qualificados pela nossa academia e que aqui assumem uma missão de servidor público para cuidar de pessoas sentenciadas, privadas de liberdade. O mais importante que eu destaco é o fato de que estamos alterando para um sistema melhor, de maneira que o objetivo principal, além de toda segurança e rotina de trabalho, é ter um processo em que ao final do período da pena a gente possa entregar à sociedade alguém melhor”, destacou o gestor.

“São 42 novos agentes para o Piauí. Eles fizeram o último curso de formação e faltava a nomeação. Serão encaminhados para a Cadeia Pública de Altos para aumentar o nível de segurança. Passarão por uma capacitação e entrarão logo na penitenciária. A presença dos novos agentes fortalece o sistema de segurança, fazendo com que os detentos permaneçam sob controle. Com isso, ganha toda a sociedade”, explicou o secretário de Estado da Justiça, Carlos Edilson.

Para Fernando Antero, um dos agentes empossados, há uma grande expectativa. Esperamos que o sistema do Piauí avance com a inauguração da nova Cadeia de Altos e com a conclusão da primeira turma de formação que se encerra hoje. Também fica a solicitação de um novo curso de formação para que nós possamos exercer o trabalho com excelência e fazer um Piauí mais seguro. Fomos lotados na Cadeia de Altos e vamos fazer de lá o presídio mais seguro e também ser uma referência e que outros estados adotem uma postura de não apenas olhar o sistema carcerário como algo a ser escondido e punitivo, mas pelo contrário. Como algo a se avançar e procurar melhorias como a ressocialização”, disse o policial.

“Os novos agentes farão uma diferença significativa, ajudando na melhoria da unidade e de todo o sistema penitenciário. Estamos tentando implantar procedimentos por todo o estado e eles serão peças fundamentais para que isso ocorra. Atualmente, a Cadeia de Altos completará três meses de funcionamento, com mais de 400 detentos que logo serão ressocializados e os agentes atuarão nessa área também”, afirmou Antônio Vinicius Rodrigues, diretor da Cadeia de Altos.

A vice-governadora Regina Sousa também participou da solenidade. “Fiquei muito feliz de ver muitas mulheres sendo empossadas. Ao chegar ao presídio não deixar o coração do lado de fora, que lá estão seres humanos, que estão em conflitos com a lei sim, mas deverão ser tratados como humanos e possuem direitos e os policiais também são responsáveis pelas suas vidas”, disse Sousa.