Orientação

Farmácia do Povo orienta aos pacientes para uso obrigatório de máscaras

O uso da máscara de proteção facial é uma medida adicional necessária para o enfrentamento da Covid-19

27/04/2020 17h41Atualizado há 4 meses
Por:
Fonte: Governo do Piauí
74
Foto: Reprodução Facebook Wellington Dias
Foto: Reprodução Facebook Wellington Dias

A partir desta segunda, 27, a Farmácia do Povo – Componente Especializado, orienta aos pacientes atendidos em toda sua rede da obrigatoriedade do uso de máscaras nas dependências das 21 unidades de atendimento, tanto na capital como no interior. A orientação atende ao decreto estadual nº 18.947, de 22 de abril deste ano.

O uso da máscara de proteção facial é uma medida adicional necessária para o enfrentamento da Covid-19 e que se torna obrigatória para todas as pessoas que circulem em vias públicas ou permaneçam em espaços públicos, onde haja aglomerações de pessoas, como em farmácias. Ou seja, saiu de casa, usar a máscara.

De acordo com o decreto, pode-se usar máscara caseira, que atendam as recomendações do Ministério da Saúde: feita com pelo menos duas camadas de pano, de tecidos de algodão, tricoline, TNT ou outros. A máscara é de uso individual e deve ser trocada a cada duas horas ou quando estiver úmida.

Antes mesmo do decreto estadual, a Farmácia do Povo adotou diversas medidas preventivas contra o novo coronavírus. Todos os funcionários passaram a usar máscaras, foi reforçada a limpeza, disponibilizado álcool em gel nas suas dependências, na recepção, as cadeiras foram afastadas uma da outra, afim de evitar a proximidade entre os usuários, além de orientar que pacientes do grupo de risco designassem representantes para o recebimento de seus medicamentos, assim como foral adequados os procedimentos de entrada e recebimento dos medicamentos.

A Farmácia do Povo atende diariamente uma média de 500 usuários, funcionando de segunda a sexta e, neste período, excepcionalmente, das 7h30 às 16h30.