Quarentena

Estudo indica aumento em casos de depressão durante pandemia

Um estudo feito pelo Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) apontou que os casos de depressão praticamente dobraram desde o ínicio da quarentena. Entre março e abril, dados coletados online indicam que o percentual de pessoas com depressão saltou de 4,2% para 8,0%, enquanto para os quadros de ansiedade o indíce foi de 8,7% para 14,9%.

09/05/2020 14h23
Por: Portal suldopiaui.com.br
Fonte: CNN
936

O coordenador da pesquisa, Alberto Filgueiras, explicou à CNN que os dados revelam o adoecimento da saúde mental dos brasileiros durante o período de isolamento social por causa da pandemia de Covid-19.

"Assim que houve o decreto estebelecendo a quarentena no Rio de Janeiro, fizemos um primeiro levantamento entre 16 e 21 de março e depois o comparamos com uma segunda amostra da última semana de abril. Com isso, chegamos a dados bastante impactantes do ponto de vista do adoecimento da saúde mental e também conseguimos vislumbrar quais são as variáveis envolvidas nisso", disse.