Sábado, 25 de Setembro de 2021
(86)999653568
Brasil Ameaça ao Estado

Na véspera do 7 de Setembro, PF prende bolsonarista que publicou ameaça a ministro do STF

O influenciador bolsonarista conhecido como professor Marcinho

06/09/2021 17h11
Por: Redação
Na véspera do 7 de Setembro, PF prende bolsonarista que publicou ameaça a ministro do STF

Na véspera das manifestações do 7 de Setembro, a Polícia Federal prendeu em Santa Catarina um simpatizante do presidente Jair Bolsonaro que divulgou em uma rede social uma ameaça de morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, segundo uma fonte relatou à Reuters.

O mandado de prisão preventiva contra Márcio Giovani Nique, conhecido nas redes como professor Marcinho, foi expedido pelo próprio Moraes no curso do inquérito que investiga a realização de atos antidemocráticos, a pedido da Procuradoria-Geral da República.

Em uma rede social, Nique disse que um empresário estaria oferecendo dinheiro pela "cabeça" do ministro Alexandre de Moraes, "vivo ou morto". Citou também que existiria um agrupamento de pessoas que iria atrás do ministro do Supremo.

Responsável por uma série de investigações contra Bolsonaro no STF, Moraes deverá ser um dos principais alvo das críticas do presidente e de simpatizantes nas manifestações de terça-feira.

Em sua escalada contra a cúpula do Judiciário nos últimos dias, Bolsonaro pediu o impeachmnt de Moraes —que foi barrado pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG)— e ameaçou reagir fora das quatro linhas da Constituição contra o magistrado.

O Supremo reforçou a segurança do seu prédio e a dos ministros da corte e seus familiares em razão dos protestos. O esquema de segurança especial do STF conta com o apoio da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal.

 

Ele1 - Criar site de notícias