Sexta, 24 de Setembro de 2021
(86)999653568
Geral Piauí

SAF libera recursos do Projeto Viva o Semiárido na região de São Raimundo Nonato

O Projeto Viva o Semiárido (PVSA), que é executado pela SAF em parceria com o Fundo de Desenvolvimento da Agricultura Familiar (Fida).

10/09/2021 12h00
Por: Portal suldopiaui.com.br Fonte: Secom Piauí

A secretária de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Patrícia Vasconcelos, cumpriu uma agenda de ações, visitas e liberação de recursos para a agricultura familiar da região de São Raimundo Nonato, nessa quinta-feira (9). O objetivo foi de acompanhar e apoiar de perto as iniciativas do Projeto Viva o Semiárido (PVSA), que é executado pela SAF em parceria com o Fundo de Desenvolvimento da Agricultura Familiar (Fida).

A programação teve início na Prefeitura Municipal de São Raimundo Nonato com a assinatura de um termo de aditivo, por meio do PVSA, que irá beneficiar a Associação de Desenvolvimento Comunitário dos Moradores da Comunidade Cágados, do município de Dom Inocêncio. O investimento é de R$ 35.317,15, que servirá para a instalação de dois kits de energia fotovoltaicas e implantação de três unidades de produção de pastagens com sistema de irrigação por gotejamento. O valor total do projeto é de R$ 176.420,02.

Além disso, Patrícia Vasconcelos recebeu uma solicitação da Secretaria Municipal de Dom Inocêncio para a aquisição de sementes de milho e feijão, que serão destinadas para associações do município.

Num segundo momento, a comitiva da SAF visitou a zona rural do Novo Horizonte, em São Raimundo Nonato, que compreende mais de 40 comunidades que sofrem com a falta de água por conta da falta de chuvas. Na ocasião, a secretária ouviu os representantes das associações e garantiu que irá enviar uma equipe de engenharia para a elaboração de um projeto para a reestruturação do abastecimento de água das comunidades. “Tem mais de sete meses sem chuva aqui e os reservatórios estão secos. A vinda da secretária Patrícia foi de grande importância, pois nos deixa otimistas para a resolução desse problema que afeta muitas famílias em nosso município”, relata Fábio Magalhães, presidente da Associação dos Agricultores e Agricultoras Familiares de São Raimundo Nonato.

Patrícia Vasconcelos também visitou a comunidade quilombola Calango, que é atendida pelo Projeto Viva o Semiárido no município. A comunidade foi beneficiada com projetos de apicultura e caprinocultura. O investimento é da ordem de R$ 272.378,32 e beneficia 41 famílias. Em seguida, a gestora se reuniu com representantes da Cooperativa Apícola da Microrregião de São Raimundo Nonato e com o Conselho Territorial de Desenvolvimento Sustentável para tratar de demandas locais.

“Foi um dia muito produtivo de visitas, liberação de recursos e de acompanhamento das ações do Projeto Viva o Semiárido, aqui na região de São Raimundo Nonato. Ficamos muito felizes em acompanhar de perto os avanços e também as necessidades da agricultura familiar da região. Nossas perspectivas são as melhores, pois é do nosso interesse renovar o convênio com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida) para que mais iniciativas possam chegar a quem mais precisa”, comenta a secretária da SAF.

Também participaram da comitiva o diretor técnico do PVSA, Clébio Coutinho; a chefe de gabinete da SAF, Sheila Reis; o coordenador técnico do PVSA do Território da Serra da Capivara, Genival Cavalcante; a assessora do PVSA do Território da Serra da Capivara, Luana Amorim Lopes e  Neuma Borges, que faz parte da equipe técnica da Unidade Regional Gestora do Projeto (URGP).

Ele1 - Criar site de notícias